quinta-feira, 31 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010 - TRILHA ECOLÓGICA DA SERRA DO FEITICEIRO - LAJES/RN


Acompanhe a expedição realizada em parceria entre o grupo GEOTRILHAS/RN, e a Associação Trilheiros da Caatinga, no desbravamento da serra do Feiticeiro, localizada no município de Lajes/RN. Na oportunidade, os expedicionários visitaram a antiga área de mineração, a Capela da Divina Santa Cruz, a Pedra do Anjo, e o até então inexploráveis paredões da serra.

quarta-feira, 30 de março de 2011

TRILHA ECOLÓGICA DA RESERVA BIOLÓGICA DOS GUARIBAS - MAMANGUPE/PB

REBIO Guaribas
Conhecida como a Capital do Vale, pela sua importância econômica, o município de Mamanguape esta localizado na região da Zona da Mata Paraibana, mais precisamente na microrregião Litoral Norte, o município de Mamanguape está a 50 Km da capital João Pessoa. Sua altitude é de 35 metros em relação ao nível do mar, com temperatura média anual na casa dos 25° C. A formação vegetal do município é composta por Vegetação de Campos, Vegetação de Pioneira, Mata de Restinga, Manguezais e Mata Úmida. Quanto aos problemas ambientais, o maior prejuízo a natureza está na poluição do rio Mamanguape, que sofre com os estragos provocados pelas usinas e plantações de cana, onde promovem o desmatamento das plantas ribeirinhas, e a construções de barragens em todo seu trajeto, onde ocasiona o assoreamento, provocando a lenta morte do rio.

Fundada em 25 de outubro de 1855, Mamanguape teve o início de sua história com o povoamento dos índios Potiguares, que teriam colocado este nome devido a grande quantidade e qualidade da água do lugar, tendo com significado da palavra Mamanguape, água boa de si beber, ou bebedouro. Devido os índios Potiguares serem bastantes dóceis, os franceses aproveitaram-se para conquistar as terras férteis, que naquela época eram repletas de pau-brasil. Mas que, com a ajuda dos índios Tabajaras, os portugueses conseguiram reconquistar o território perdido após muitas lutas. O município ainda foi palco de diversas batalhas, agora os holandeses, que invadiram a Baía da Traição, promovendo verdadeiras barbáries. Mamanguape possuia uma grande área do tamanho do vale do Mamanguape, que compreendia os atuais municípios de Rio Tinto, Baía da Traição, Marcação, Itapororoca, Jacaraú, Pedro Régis, Curral de Cima, Capim, Cuité de Mamanguape e Mataraca, contando com praias como Barra de Mamanguape e Praia de Campina, o que levou o município a ser a segunda cidade mais desenvolvida da Paraíba, com ruas calçadas e em cada esquina, um lampião de azeite para facilitar o trânsito noturno que lhe davam na época, prestígio e ar de metrópole, chegando a ofuscar a capital, com seu comércio intenso, graças a cana-de-açúcar e o algodão, que atraíram muitos exportadores com os seus armazéns de estivas, o que facilitou o comércio de cabotagem pelo porto de Salema. Todos estes fatores rendeu a Mamanguape, o privilégio de receber a visita do imperador D. Pedro II, o qual nunca foi concretizada.

Nos dias atuais, a economia do município baseada no comércio de roupas, eletro-eletrônicos, calçados, alimentos, agências bancárias, usinas de açúcar, álcool, cachaça e o gasoduto, faz com que o PIB local seja um dos maiores da Paraíba.

O turismo também contribui significativamente para esses números. Seus principais atrativos turísticos são: a Casa do Imperador, casas tombadas, o presídio as Igrejas São Pedro e São Paulo, do Rosário e de São Sebastião. Possui vastas matas virgens como por exemplo: Mata dos Guaribas, Bica do Sertãozinho, Reserva do Pau-Brasil e o Horto Florestal, além do Hotel Fazenda Camaratuba . Além de ter várias matas virgens como a Mata dos Guaribas, Bica do sertãozinho, reserva do pau - brasil e o Horto Florestal. Ótimos locais para a prática de Ecoturismo.


GEOTRILHAS/RN EM MAMANGUAPE/PB

A organização da visita ao município de Mamanguape, foi até agora a mais difícil de ser concretizada. Por muito pouco não seria possível esta atividade, devido a total falta de comprometimento, e interesse das autoridades do executivo local. A Prefeitura de Mamanguape não possui se quer um site atualizado do município, bem como, o acesso ao número do telefone da prefeitura, só é possível se for por meio do site da Federação dos Municípios da Paraíba. Não bastando isso, ao entrarmos em contato diretamente com uma pessoa, que se denominava secretaria de turismo local, a mesma não demonstrou nenhum interesse em ao menos indicar uma pessoa que trabalhasse com guia, para fazer a condução do grupo durante a visita. Tal fato prejudicou em parte a nossa visitação, pois além da trilha ecológica, tínhamos em mente a visitação aos prédios históricos da cidade, o qual levou-a a ser há tempos atrás, a segunda maior cidade em termos de importância da Paraíba. Isto realmente mostra como que pessoas não possuam nenhum interesse em trabalhar pelo bem da sua cidade, aja vista que a visita dos Ecoturistas na cidade, trariam inúmeros benefícios, pois estariam consumindo produtos e serviços de Mamanguape durante a estadia, bem como de uma divulgação positiva do município a outros Ecoturistas, que com certeza seriam atraídos pelos demais potenciais locais, não só ficando restrito a faixa litorânea, dando oportunidades para os munícipes aos redores dos demais atrativos turísticos. Foi realmente lamentável.

Por outro lado, a visita a Mamanguape foi salva graças ao interesse demonstrado pela administração da Reserva Biológica Guaribas, na pessoa da Srª Marina Pinheiro Klüppel, que gentilmente abriu as portas dos 4.028,55 hectares de matas pertencentes a reserva, para nos receber em mais uma atividade de Ecoturismo ligada a Educação Ambiental.

A Reserva Ambiental dos Guaribas esta que totalmente localizada dentro do município de Mamanguape, tendo apenas menos de 9% pertencentes ao município de Rio Tinto. Criada em 1990 por meio do Decreto Federal nº 98.884, a REBIO Guaribas tem como objetivo proteger um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica da Paraíba, além de áreas de transição com o Cerrado, com a presença de elementos do Bioma Caatinga, em que, no geral, abrigar espécies raras, endêmicas e ameaçadas de extinção, sendo um dos últimos grupos de macacos guariba.

Toda a administração é realizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), uma autarquia brasileira, vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, integrando o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama), que tem por objetivos fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das unidades de conservação federais.

Após termos saído de Natal viajando cerca de uma hora pela BR-101, chegamos a REBIO Guaribas por volta das 08h:00 da manhã do dia 27 de fevereiro.

Ao chegarmos, fomos recepcionado pelo Sr. Severino, mais conhecido como Seu Bill. Funcionário da REBIO responsável por nossa condução pela mata. Seu Bill iniciou as atividades, levando o grupo a conhecer as instalações físicas da REBIO, que conta com escritórios, garagem, refeitório e alojamentos para os pesquisadores interessados em estudar o local. O funcionário ainda falou sobre a atuação da REBIO na preservação e fiscalização de toda a área.

Em seguida, o grupo seguiu juntamente com Seu Bill, e o Chicó, que também é funcionário local, para a primeira trilha do dia. Seguimos mata a dentro, onde observamos como os pesquisadores são bastante atuantes no local, devido a grande presença de armadilhas para coleta de espécimes, e várias demarcações nas arvores.

A medida que íamos passando da área de transição de tabuleiro, para a floresta de Mata Atlântica, Seu Bill falava de como se deu a criação da reserva. Segundo ele, boa parte daquela área teria sido desmatada para a comercialização de madeira, e posteriormente loteamento das terras. Numa tentativa de barrar a destruição do local, o Governo Federal criou a reserva, retirando todos os poceiros, reitegrando assim a as terras a União, bem como de recuperá-las. Mas para isso era necessário formar recursos humanos para ser os agentes de fiscalização. Sendo assim, o Governo Federal decide contratar boa parte os antigos moradores para serem os fiscais da área, o que deu certo. Seu Bill era um antigo morador do local, que presenciou todo esse processo. O seu pai foi um dos primeiros fiscais da REBIO, o que lhe orgulha por dar continuidade ao trabalho do seu genitor.

Seguindo a trilha, começamos a sentir o micro-clima presente no lugar, onde a medida que caminhávamos por meio das imensas árvores, a temperatura caia. O que mais nos chamava a atenção, é que por onde nós passávamos, um dia teria sido um canavial. A folhagem no chão parecia um imenso tapete, que nos levava a conhecer mais a dentro a floresta. Inúmeras bromélias embelezavam por onde passamos, e os pássaros nos davam as boas vindas. Após duas horas de caminhada, chegamos uma área de canavial fora da reserva, que contrastava com a imensa floresta ao lado. Caminhamos ao lado do Gasoduto Nordestão, até chegar a rodovia estadual que levava novamente a sede da reserva.

Ao chegarmos na base, o grupo almoçou e descasou até a hora marcada para a segunda trilha. Quando o relógio marcou 14h:00, decidimos reiniciar as atividades com a segunda trilha do dia, que contemplava o outro lado da reserva.

Seguimos novamente pelos tabuleiros repletos de mangabeiras, até atingirmos novamente a floresta. Desta vez, fomos em busca do macacos guaribas, que dão nome a reserva. Enquanto não encontrávamos o macacos, Seu Bill falava deu sua infância no local. Ele retratava como a vida era mais difícil, onde tinha que andar vários quilômetros para encontrar água. Ele nos levou até a velha cacimba, onde apanhava água com seu avô. No local hoje retomado pela floresta, existe apenas o velho buraco tomado pela vegetação. Seu Bill ainda falou de como era a sobrevivência. As famílias tinham uma roçado onde produziam produtos para serem vendidos na feira de João Pessoa. Outras famílias sobreviviam de coletas de frutos, como a mamgaba e o murici. Seu Bill ainda nos mostrou várias plantas e árvores utilizadas na medicina popular, falando sobre as indicações. O mateiro ainda falou de vários “causos” da roça envolvendo os habitantes do lugar. Ainda dentro da trilha, fomos observando pegadas de vários animais, inclusive de porte médio, como a cutia, e tocas de outros animais como o tatu.

Chegamos no local mais propicio de ver o raro macaco, mais depois de algum tempo não logramos êxito, por o animal ser bastante esperto. Voltamos para a sede, ainda se divertindo com os “causos” contados pelo Seu Bill, passando pela área de apreensão de madeira da REBIO.

Ao chegarmos na sede, os funcionários ainda mostraram algumas armadilhas utilizadas pelos caçadores , que foram apreendidas, gaiolas de pássaros trazidas pelo IBAMA, que utiliza a reserva para soltar os animais apreendidos.

Ao termino da visita, agradecemos pela oportunidade de termos conhecido o local e parabenizamos o trabalho da equipe da reserva. Nos despedimos do simpático Seu Bill, e regressamos ao entardecer novamente para Natal.

Raio-X


Nível de Dificuldade – Fácil

Localização da Trilha – Ótimo

Disponibilidade de Socorro Médico – Bom
Apoio Logístico - Ótimo

Recomendações necessárias para trilhar

- Usar roupas leves, confortáveis e fechadas;

- Utilizar bastante protetor solar;

- Levar cantil com bastante água;
- Levar repelente contra insetos;

- Utilizar chapéu ou boné para se proteger do sol;

- Não escrever, desenhar ou danificar as árvores do Parque;

- Evita incêndios, apagando cigarros e charutos antes de descartá-los;

- Guadar seu lixo e obedecer às instruções do condutor.



Onder comer

Alojamentos da REBIO Guaribas (Levar Alimentação)


Onder ficar

Alojamentos da REBIO Guaribas


Contatos para marcação de visita

Marina Pinheiro Klüppel

Fone: (83) 3292 1186

E-mail: marina.kluppel@icmbio.gov.br

 VÍDEO DA TRILHA

terça-feira, 29 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS 2010 - TRILHA ECOLÓGICA DE SERRA DE SÃO BENTO/RN


Acompanhe mais uma viagem realizada pelo GEOTRILHAS/RN, onde desta vez a equipe do projeto desembarcou na cidade de Serra de São Bento, no Agreste do Rio Grande do Norte.

Na oportunidade o grupo realizou a subida do Alto da União e visita a Loca das Almas. Tudo isso num agradável clima serrano.

Ainda durante a atividade, o grupo fez uma visita ao nosso querido amigo Seu Tico "O Cara!", na Pedra da Boca (Araruna/PB), onde pudemos ter a oportunidade de realizar um rapel de 60m na Pedra da Caveira.

quarta-feira, 23 de março de 2011

NESTE SÁBADO TEM BICICLETADA NATAL EM FRENTE AO IFRN

O evento é uma mobilização pela substitução dos carros por bicicletas
A ONG Bicicletada Natal promove na tarde deste próximo sábado, dia 26 de março, mais uma bicicletada pelas ruas da Capital.

O objetivo da ação será pelo fim da imobilidade na cidade, pela convivência entre os seres humanos, pelo resgate do espaço público e pelos direitos de quem utiliza meio de transporte não-motorizado.

O evento é aberto ao público, onde qualquer pessoa que tenha uma bicicleta pode participar sem nenhum custos. A concentração será em frente ao IFRN(próximo ao Shop. Midway), situado na avenida Salgado Filho, bairro do Tirol, às 15:00hs.

É desejável o uso dos acessórios de segurança.

A bicicletada só acontece com o apoio de VOLUNTÁRIOS , venha você tornar esse movimento mais forte!

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010 - TRILHA ECO-CULTURAL DE FLORÂNIA/RN - 2ª PARTE

Acompanhe a segunda parte da viagem do GEOTRILHAS/RN ao caldeirão cultural de Florânia/RN.

Na oportunidade o grupo visitou o Centro Histórico da cidade, a feira livre, museu da Casa de Cultura Popular, trilhas ecológicas com figuras rupestres, cavernas. Vista ao Santuário de Nossa Senhora da Graças, e no mirante de Florânia, com vista para uma passaigem magnífica do Rio Grande do Norte.

O passeio foi com a apresentação da peça "A Criação", interpretada pelo Grupo de Teatro J. Júnior.

terça-feira, 22 de março de 2011

FLORÂNIA/RN SEDIARÁ A 3ª TRILHA BIKE - INSCRIÇÕES ABERTAS

Cartaz do evento do ano passado


O município de Florânia sediará nos próximos dias 16 e 17 de abril, a III Trilha Bike Florânia. Neste ano, o percurso terá 55 Km passando pelas serras aos redores de Florânia e Tenente Laurentino Cruz, onde os ciclistitas poderam desfrutar de um clima agradevél, além de curtir as belezas naturais da região serrana do seridó potiguar.

O evento terá hospdedagem (trazer colchonete ou  rede) e café da manhã gratuíto no Monte das Graças, que possui uma linda vista panoramica da região.

Confira o Roteiro:
  • MONTE DAS GRAÇAS
  • FLORANIA
  • TENENTE LAURENTINO
  • MIRANTE DE TENENTE LAURENTINO
  • CURICACA
  • ASSENTEMENTO JOÃO DA CRUZ
  • SERRA DO CAJUEIRO
  • DESCIDA PELO PARAÍSO
  • FLORANIA
  • MONTE DAS GRAÇAS.
Os interessados em participarem, que residem na Região Metropolitana de Natal, poderam fazer sua inscrição para o evento, com direito a ônibus de ida e volta,  na loja TRILHA MOUTAIN BIKE, localizada em Parnamirim. 

O valor é de R$ 35,00, e pode ser feita pelo telefone 84 3645-2616, falar com Edivan, ou ainda na Bike Terra, no telefone 84 3214-2202, falar com Rogério.

Maiores informações falar com Carlos no telefones 84 9929-2270 ou  84 3435-2292.

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010 - TRILHA ECO-CULTURAL DE FLORÂNIA/RN- PARTE 1

Acompanhe a primeira parte da viagem do GEOTRILHAS/RN ao caldeirão cultural de Florânia/RN.
Na oportunidade o grupo visitou o centro histórico da cidade,  feira livre, museu da Casa de Cultura Popular, trilhas ecológicas com figuras rupestres, cavernas. 

Visitamos ainda o Santuário de Nossa Senhora da Graças, e o mirante de Florânia, com vista para uma passaigem magnífica do Rio Grande do Norte.

O passeio foi com a apresentação da peça "A Criação", interpretada pelo Grupo de Teatro J. Júnior.

segunda-feira, 21 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010. TRILHA ECOLÓGICA DA MATA ESTRELA - BAÍA FORMOSA/RN

Acompanhe a mais uma aventura do GEOTRILHAS/RN, que desta vez desembarcou em Baía Formosa/RN, para encarar a bela trilha da Mata Estrela. A maior porção de Mata Atlântica sobre dunas do Brasil. Aprecie às belas imagens das lagoas presentes pelo percurso, e a linda orla marítima de Baía Formosa. Foi sem dúvida um ótimo passeio.

domingo, 13 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010 - TRILHA ECO-CULTURAL DE BREJO DA MADRE DE DEUS/PE - PARTE 2

Acompanhe a parte final da viagem que o grupo GEOTRILHAS/RN realizou nos dias 26,27 e 28 de março, ao município pernambucano de Brejo da Madre de Deus. Na oportunidade, o grupo conheceu de perto o simbolismo que os toyotões do brejo representam para aquele povo. Foi uma verdadeira expedição pelas serras do brejo, passando pela trilha da Mata do Bitury, Cachoeira de São Francisco, Serra da Prata, sítios arqueológicos, centro histórico e Parque das Esculturas.

sábado, 12 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010 - TRILHA ECO-CULTURAL DE BREJO DA MADRE DE DEUS/PE - PARTE 1

Acompanhe a primeira parte da viagem realizada nos dias 26, 27 e 28 de março, pelo GEOTRILHAS/RN até o município pernambucano de Brejo da Madre de Deus.

Na oportunidade, o grupo acompanhou de perto o espetáculo Paixão de Cristo, realizado no Distrito de Fazenda Nova - mas conhecido como Nova Jerusalém.

O espetáculo contou com vários artistas a nível nacional, como Eriberto Leão, Suzana Vieira, Paulo César Grande e Mauro Mendonça, além de vários outros artistas da Sociedade Teatral da Fazenda Nova.

sexta-feira, 11 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN 2010 - CIRCUITO SERRANO POTIGUAR - PARTE 2 - MARTINS/RN

Acompanhe a última parte da viagem realizada pelo grupo GEOTRILHAS/RN a Região do Alto Oeste Potiguar, em três fantasticos dias pelas serras dos municípios de Portalegre e Martins. Locais repletos de muita beleza, história e cultura, tendo como cartões postais, seus lindos mirantes, cachoeiras e as ótimas trilhas ecológicas.

quinta-feira, 10 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2010 - CIRCUITO SERRANO POTIGUAR PARTE 1 - PORTALEGRE/RN

Acompanhe como foram as trilfas realizadas pelo GEOTRILHAS/RN no ano de 2010. 
Neste primeiro programa, confira a primeira parte da viagem realizada pelo grupo GEOTRILHAS/RN a Região do Alto Oeste Potiguar, em três fantasticos dias pelas serras dos municípios de Portalegre e Martins. Locais repletos de muita beleza, história e cultura, tendo como cartões postais, seus lindos mirantes, cachoeiras e as ótimas trilhas ecológicas.

quarta-feira, 9 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2009 - TRILHA DO CASTELO LABIRINTO DE ZÉ DOS MONTES - SÍTIO NOVO/RN

Acompanhe a viagem realizada pelo grupo GEOTRILHAS/RN ao município de Sítio Novo/RN, onde foi feita a visitação ao Castelo Labirinto de Zé dos Montes. Uma construção mistíca com muita lendas e mistérios encravado em plena Serra da Tapuia.

terça-feira, 8 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2009 - TRILHA ECO-CULTURAL DE SERRA NEGRA DO NORTE - PARTE 2

Acompanhe a última parte da viagem do GEOTRILHAS pelo caldeirão cultural da cidade de Serra Negra do Norte/RN, onde foram apresentadas atrações culturais, como recitação de poesias, apresentação teatral, artesanato, visitas a museus e centro histórico, além de conhecer o processo de fabricação do queijo manteiga do Seridó. Ainda tivemos muito lazer na Chácara Nova Vida e a Trilha Ecológica da Serra Negra. Um final de semana com muita diversão.

segunda-feira, 7 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2009 - TRILHA ECO-CULTURAL DE SERRA NEGRA DO NORTE/RN - PARTE 1

Acompanhe a primeira parte da viagem do GEOTRILHAS/RN pelo caldeirão cultural da cidade de Serra Negra do Norte/RN, onde foram apresentadas atrações culturais, como recitação de poesias, apresentação teatral, artesanato, visitas aos museus e centro histórico, além de conhecer o processo de fabricação do queijo manteiga do Seridó. 

Ainda tivemos muito lazer na Chácara Nova Vida e a Trilha Ecológica da Serra Negra. Um final de semana com muita diversão.

domingo, 6 de março de 2011

GEOTRILHAS/RN E GEMAN-64º/RN FAZEM CAMPANHA PARA RECONSTRUIR O SEBO CATA LIVROS

Foto: Vitor Lyra. Jornal No Minuto.com
No dia 16 de fevereiro, um incêndio atingiu o sebo Cata Livros, importante parceiro da cena cultural alternativa da cidade de Natal.  

O Sebo Cata Livros era um dos mais famosos de Natal , ainda da década de 60, que foi até fonte de inspiração para os versos de Sírlia Sousa de Lima, que homenagea o velho sebo.

Da Cidade em que moro
Eu não canso de falar
A cidade é tão linda
Quanto às noites de luar
É por isso que os poetas
Não cansam de declamar


E quem conhece Natal
Logo vai se encantar
Com as pessoas amigas
E os encantos do lugar
Agrada a muitos gostos
E o tapete é o mar


Tem lugares marcantes
Que eu gosto de falar
Pois se encontra a cultura
A amizade vai espalhar
Lá no Sebo Cata livros
Tem história esse lugar


No auge da Juventude
Conheci o meu amor
Que já freqüentava o sebo
E logo me apresentou
O sebo o deixava feliz
E isso me encantou


Fui chegando mais perto
Tentando entender
Que graça tem o sebo
Então pude compreender
A relação que exerce
Não o ato de vender


Quando se vende algo
É mais que uma partilha
O sebista é conhecedor
Não coloca armadilha
O cliente é um amigo
Segue sempre essa trilha


O Natalense que se preza
Do sebo é freguês
Não importa o que seja
Pobre ou mesmo burguês
Se ele mora na cidade
Ou que seja camponês


Nosso amor começou
Bem nos tempos da inflação
E o meu amor pelo rock
Nutre grande paixão
Juntava cada centavo
Pra fazer aquisição


Dos discos raros do Elvis
Que Jácio tinha na mão
Quando adquiria, logo se via
No rosto a satisfação
A felicidade estampada
Não tinha falsa ilusão


Para realizar um negócio
Não importa a condição
Se for compra ou venda
Ou se é consignação
Deixar o cliente satisfeito
Essa é a condição


Muitas pessoas ilustres
Vem ao Sebo visitar
Sabem as características
Os macetes do lugar
Se procuram raridades
É lá que irão encontrar


O sebo é visitado
Por poeta, escultores
Pelos amantes da arte
Por artistas, professores
Também por jornalistas
Transeuntes multicores


Esse Sebo tem história
Quem visita não se engana
Você encontra talheres
Pratos de porcelana
Tudo o que é antiguidade
Nesse Sebo tudo emana


Enquanto educadora
Não canso de pesquisar
Elaboro meus projetos
E ao sebo vou visitar

O sebo que sempre procurou ajudar os colegas artistas e suas iniciativas culturais, contava com um grande acervo de livros, revistas, cd's, discos de vinil que foi quase todo perdido, e agora está em uma situação bastante difícil. Por isso estamos apelando à solidariedade, recolhendo doações para que possam recompor parte do acervo. Quem tiver em sua casa, livros, revistas, vinis, etc, encostados e queria ajudar os propietários do sebo - Jairo e Vera - será muito bem vindo!

As doações para o sebo acima citado podem ser entregues no GRUPO ESCOTEIRO DO MAR ARTÍFICES NÁUTICOS com sede nas instalações físicas do Instituto Federal de Ciências e Tecnologia do RN (antigo CEFET). Contatos: Maria Soares - 8828 9339.

1º ABRAÇO AO MAIOR CAJUEIRO DO MUNDO CONTA COM A PARTICIPAÇÃO DO GEMAM-64º/RN

Grupo Escoteiro do Mar Artífices Náuticos no 1º Abraço do Maior Cajueiro do Mundo
Ocorreu na manhã do último dia 27 de fevereiro, na praia de Pirangi do Norte, 1º Abraço no Maior Cajueiro do Mundo, promovido pela ONG Baobá.

O evento contou com a participação de cerca de 500 pessoas, que se solidariezaram com a preocupação do aquecimento global. Dentro os parcticipantes, o Grupo Escoteiro do Mar Artífices Náuticos além de participar do abraço, ajudou na organização do evento, fazendo as inscrições dos participantes e a arrecadação dos alimentos.

Ao final do evento, houve sorteio de oitenta prêmios entre os participantes. 

A Ong Baobá agradece a todos que estiveram presentes na fantástica festa de conscientização pública sobre Educação Ambiental pelo enfrentamento das mudanças climáticas no “1º Abraço no Maior Cajueiro do Mundo, contra Aquecimento Global”.

sábado, 5 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2009 - TRILHA ECOLÓGICA DOS MANGUEZAIS E DA LAGOA ENCANTADA - MATARACA/PB



Acompanhe a trilha realizada no dia 27 de setembro na praia de Barra de Camaratuba - município de Mataraca/PB - em que o Grupo GEOTRILHAS/RN encarou áreas de mangue no Parque Estadual do Caranguejo Uçá, e áreas de restinga e dunas, dentro da reserva indígena dos Potiguaras, por onde encontramos belas paisagens formadas pela vegetação costeira, a lagoa Encantada e o mar. Barra de Camaratuba se mostrou um lugar onde o homem podem pode conviver em paz com a natureza sem a degradá-la.

quinta-feira, 3 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2009 - TRILHA ECOLÓGICA DO PICO DO CABUGI - ANGICOS/RN

Confira a trilha realizada no dia 29 de agosto de 2009 na cidade de Angicos/RN, onde o grupo teve a oportunidade de escalar o famoso Pico do Cabugi. 

Um vulcão extinto localizado em pleno sertão central do Rio Grande do Norte, que possui como principal caracteristica, a formação por rochas basálticas alcalinas intrusivas, e a dificuldade de superá-las em seus 590 metros de altura.

quarta-feira, 2 de março de 2011

GEMAN-64º/RN VENCE O JOTA/JOTI 2010 NA CATEGORIA RADIOAMADORES CLASSE G ESTADUAL

Foi divulgado no último dia 17 de fevereiro, pela comissão organizadora do 53º JOTA, o resultado final da apuração final dos dados. O Grupo Escoteiro do Mar Artífices Náuticos conseguiu ficar o primeiro lugar na categoria Radioamadores HF, classe G, totalizando 2.440. Isso redeu ao grupo a terceira posição a nível estadual, na categoria Grupos Escoteiros e Núcleos Bandeirantes, totalizando 5.475 pontos. 

O Jamboree no Ar acontece anualmente, e conta com a participação de cerca de 500 mil escoteiros e bandeirantes participam do JOTA em todo o mundo, estabelecendo contatos entre si através de estações de radioamador. O Jamboree-On-The-Air, ou simplesmente JOTA, nasceu através de uma idéia de Les Mitchel - G3BHK, um radioamador inglês, no ano de 1957.  Desde então, a atividade vem sendo realizado, adaptando-se sempre à realidade dos equipamentos e dos avanços da comunicação por rádio.  

O acampamento de rádio organizado pelo GEMAN-64º/RN denominado "Jamboree da Integração", aconteceu no mês de outubro na Associação dos Servidores do IFRN, localizado na lagoa do Bonfim em Nísia Floresta/RN, que contou com a ilustre presença dos Grupo Escoteiro Lagoa do Nado de Minas Gerais.

terça-feira, 1 de março de 2011

ESPECIAL GEOTRILHAS/RN TRILHAS DE 2009 - CIRCUITO DO BREJO PARAIBANO PARTE 3 - AREIA/PB

Acompanhe a viagem que o grupo GEOTRILHAS fez nos dias 01 e 02 de agosto de 2009 ao brejo paraíbano, onde visitamos as cidades de Areia e Bananeiras, onde tivemos a oportunidade de realizar algumas trilhas muito emocionante, como também , conhecer um pouco da história e da cultura dos verdes e frios vales da Paraíba.

Parte final da viagem do GEOTRLHAS ao brejo da Paraíba. Neste episódio vamos conhecer o Museu da Rapadura, e o centro histórico da cidade de Areia/PB, com os seus antigos prédios. Confira!