quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

TRILHA DO CASTELO LABIRINTO DE ZÉ DOS MONTES - SÍTIO NOVO/RN


Localizada na microrregião da Borborema Potiguar, a cidade de Sítio Novo apresenta um roteiro turístico bastante interessante, principalmente pelo misterioso Castelo Labirinto de Zé dos Montes, encravado em plena Serra da Tapuia. O castelo chama atenção por suas inúmeras torres brancas contrastando com o cinza dos serrotes do lugar. A construção se deu a partir de uma visão, que o então menino Zé dos Montes teve da Virgem Maria, que então decidiu construir o castelo em sua homenagem. Daí por diante, o castelo, com suas lendas é ponto obrigatório de visitação a todos aqueles que passam pelo município de Sítio Novo.

GEOTRILHAS EM SÍTIO NOVO



A viagem com destino a Sitio Novo ocorreu no último dia 28 de novembro de 2009, e contou com a participação de doze associados, dentre os quais alunos e servidores do IFRN, e convidados, acompanhado por suas famílias. O ponto de partida ocorreu de fronte ao IFRN EM Natal/RN, onde foi esclarecidos as primeiras informações com respeito ao nosso destino. Em seguida, os três veículos partiram em direção a cidade de Tangará, local de nossa parada para reabastecer nossas forças.

A viajem se deu pela BR-304, até a rotatória onde pegamos nosso destino a cidade de Tangará/RN. Após isso, continuamos, e em direção a sudoeste ma BR-226 e pegamos a primeira à direita na RN-093, onde seguimos por 18 km até a cidade de Sitio Novo.

Chegando ao local, tratamos logo de fazer contato com o Guia, que para nossa supressa teve que se ausentar da cidade para resolver problemas de cunha pessoal. Nos restou decidir o que seria ser feito para que nossa trilha não desse errado. Decidimos então, procurar a trilha do Castelo do Sr. Zé do monte por nossa conta e risco. E após o almoço, seguir viajem para a cidade de Passa e fica, para realizamos uma trilha na Pedra da Boca. Pegamos informações com respeito a como chegar ao castelo e seguimos viajem em busca dele. Seguirmos por uma estradinha que deu em uma barragem onde foi preciso atravessá-la por cima.

Após essa primeira dificuldade, descobrimos uma maior ainda. Subir a serra, uma serra super íngreme, onde foi preciso subir na primeira macha do carro, a ponto do pneu do carro derrapar. Pois bem, após esse desafio, pedimos mais algumas informações a populares que encontrávamos no caminho. Chegamos ao Castelo, onde encontramos a porteira fechada. Ângelo, encarregado da trilha, precisou passar por entre a cerca para encontrar alguém que pudesse abrir a tal porteira. Ele seguiu até a uma casa construída em cima de uma alta rocha, onde descobrimos, ser a morado do Sr. Zé do Monte. Senhor, simpático e desconfiado. Ele nos deus a primeiras informações com respeito ao local. E logo depois, tiramos a primeira foto do grupo em frente ao castelo. Seguimos para desvendar os mistério do castelo. Iríamos assoalhar sozinho, pois o velho senhor Zé do monte não tinha mas condições de nos guiar por entre as paredes do velhos castelo, por ele construído.

Mas para nossa supressa, seu filho acabara de chegar da cidade e nos prontificou a ser nosso guia. Adentramos por entres uma escadarias onde nos levou até o salão principal. Logo em frente foi nos apresentado a velha capela, onde o castelo foi construído em volta. Em seguida, seguimos pelo corredor do lado esquerdo da capela onde foi nos mostrado várias salas e ante-salas do castelo. Pegamos mas algumas escadarias, que nos levava cada vez mais para os andares superiores. Subimos em direção a torre principal, onde foi nos mostrado toda a beleza da caatinga do local.
Após a visita ao castelo, descemos novamente a serra e seguimos em direção a cidade para almoçarmos. Logo após, viajamos para a cidade de Passa e Fica, divisa entre o RN e a PB. Local mais próximo a Boca da Pedra.

Chegando lá, não encontramos o Sr. Tico, guia local e já conhecido do geotrilhas. Pedimos para o seu filho ligar para ele, e ver se seria possível eles nos guiar. Na mesma hora ele ligou e deixou claro a vontade do Sr Tico de nos levar. No mesmo instante ele deu meia volta de onde ele estava e voltou para seu sitio.

Nesse meio tempo algumas pessoas resolveram realizar um rappel em um paredão de 60m. Rappel esse que ficou acertado para o final da trilha, quando estivéssemos descendo. Em pouco tempo estávamos seguindo na famosa trilha da Boca de Pedra. Como sempre seu Tico foi super simpático e agradável com todos nos. Dava informações sobre a fauna e flora local. E ajudava os que precisavam na dura subida da Pedra. Já próximo a Boca, foi preciso realizar por todos, um pequeno rappel. Pois esse, era a única maneira possível de adentrar na Boca. Chegando ao destino final, ficamos deslumbrado com tanta beleza. O local parecia mais um território de outro planeta. Imagens pode comprovar tal mágica era a Boca da Pedra.

Descendo, algumas pessoas tomaram destino em direção a casa principal de seu Tico, outros cinco, ficaram para descer de Rappel, foram eles, Ângelo, Luara, Barão Suzana, e Halysson. Todos que desceram adoraram tal aventura. E disseram que fora muito gratificante e mágico. Logo após isso, nos reunimos e nos despedimos do seu Tico. E nos prontificamos em voltar mais vezes para realizar as outras trilhas do local. Em Seguida seguimos uma tranqüila viajem de volta a Cidade de Natal.


Raio-X

Nível de Dificuldade – Baixa
Localização do castelo – Bom
Disponibilidade de Socorro Médico – Bom
Apoio Logístico - Bom

Recomendações necessárias para trilhar

- Usar roupas leves, confortáveis e fechadas;
- Levar cantil com bastante água;
- Utilizar chapéu ou boné para se proteger do sol;
- Não colher flores, frutas, sementes, ramos, mudas, lenha ou troncos;
- Não escrever, desenhar ou danificar as árvores do Parque;
- Evita incêndios, apagando cigarros e charutos antes de descartá-los;
- Guadar seu lixo e obedecer às instruções do guia.

Onde comer
Bar e Restaurante da Adélia
Fone: 84 3252-0071

Contatos para realização de trilha
Secretário de Turismo de Sítio Novo/RN - Wagner Brasil
Fone: 084 3252-4061

Video da Trilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário