segunda-feira, 1 de agosto de 2011

DROPS III DESAFIO GEOTRILHAS/RN DE KART - Conhecendo as Categorias (NASCAR)


A National Association for Stock Car Auto Racing (NASCAR) é uma associação automobilística norte-americana que controla os campeonatos de stock car do país.


A NASCAR organiza três grandes divisões nacionais, a principal Sprint Cup Series, a Nationwide Series e a Camping World Truck Series, entre outras divisões regionais.


A NASCAR está sediada na cidade de Daytona Beach, onde também se localiza o principal circuito norte-americano, a Daytona International Speedway.

A partir da década de 1920 Daytona Beach foi um lugar de grandes corridas de stock cars nos Estados Unidos, essas corridas consistiam no uso de carros originais sem nenhum tipo de modificação para corridas. A NASCAR foi fundada em 21 de fevereiro de 1948 por William France e Ed Otto. Antes dessa data, William já organizava corridas que envolviam carros normais de passeio modificados em busca de maior potência e velocidade. A criação da associação foi necessária para padronizar as regras buscando um crescimento desse tipo de entretenimento.

Década de 1950


Em seu segundo ano de atividade, a categoria passou a se chamar Grand National e durante essa década de 1950, foram permitidos modificações nos carros que trouxessem performance e segurança.


Nesses primórdios da NASCAR, os circuitos possuiam uma extensão variando entre 800 e 1600 metros, a exceção ficava para o circuito de Darlington construído em 1950 com 2200 metros, sendo na época o mais rápidos dentre os utilizados. Quase todas as etapas eram realizadas no sudeste americano por causa dos altos custos de transporte dos carros por longas distância na época.


A primeira prova disputada pela NASCAR aconteceu no circuito de terra do Charlotte Speedway na Carolina do Norte em 19 de Junho de 1949. Nesse primeiro ano de competição a categoria teve 8 etapas e foi chamada de Strictly Stock correndo apenas com carros originais de fábrica sem modificações.

Década de 1960


Na Daytona 500 de 1960, logo na primeira volta, houve uma colisão entre 37 dos 68 carros que estavam na prova, os carros rodam, depois baterem uns aos outros e alguns chegam até a capotar. Os capotamentos ocorrem após batidas em outros carros ou subidas de ré (isso ocorreu com um carro dos anos 1940 que bateu em outro carro do mesma época), até hoje é considerado um dos maiores acidentes da história do automobilismo, junto com a tragédia de Le Mans em 1955, após esse ano a NASCAR começou a fazer modificações na categoria para melhorar a sua segurança. Na metade dos anos 60, os carros passaram a ser construídos especificamente para as corridas.

As atenções para o esporte começaram a crescer quando montadoras de veículos passaram a utilizar a categoria para promover a venda de seus carros, entre essas empresas estavam a Ford, a Chevrolet e a Chrysler que ajudavam nos custos das equipes participantes. Muitas equipes e pilotos passaram a viver inteiramente do automobilismo.

A NASCAR realizou grandes mudanças em sua estrutura no ínicio da década de 1970 com o patrocínio da empresa de tabaco RJR mudando o nome da sua principal divisão para Winston Cup, as mudanças tomaram forma no sistema de pontuação e maior premiação aos pilotos e equipes. Algumas provas passaram a ser parcialmente transmitidas por programas esportivos da rede ABC. Esses fatos deram início à era moderna da NASCAR.


A primeira transmissão de uma prova completa e ao vivo ocorreu em 1979 nas 500 milhas de Daytona. Realizada pela CBS, essa prova em seu final ocasionou uma briga entre pilotos que se envolveram em um acidente. Esses fatos criaram uma aura de drama e emoção em torno da NASCAR aumentando sua procura tanto por espectadores e anunciantes.

Desde o início da NASCAR já havia uma competição paralela disputada em circuitos menores. Essa categoria modernizou tornando-se forte em 1982 com o nome de Busch Series que é considerada a segunda divisão da stock car americana.

Em 1995 criou se uma divisão especial com caminhões pick-ups e regras diferenciadas das outras duas divisões que foi chamada de Craftsman Truck Series. Além dessas 3 divisões nacionais, a NASCAR possuí diversas divisões regionais por todo os Estados Unidos.


Algumas exibições da NASCAR já foram realizadas fora do território americano em Ontário e Toronto no Canadá e em Suzuka no Japão. O México teve a oportunidade de sediar a primeira prova oficial contando pontos e premiações no ano de 2005 no Autodromo Hermanos Rodriguez na Cidade do México, prova realizada pela Busch Series. 

Formato da temporada

Chase for the Cup


Em 2004, a principal divisão da NASCAR, a Sprint Cup, trouxe um conceito das outras grandes ligas nacionais americanas, como a NBA, MLB, NHL e a NFL: os playoffs.


Na temporada regular, as primeiras 26 provas do campeonato continuam com o sistema tradicional de pontuação, ao final dessa fase os 12 primeiros colocados do campeonato seguem para a Chase nas 10 últimas provas decidirem o campeão da temporada, nessas provas os 12 pilotos recebem uma pontuação muito maior que os outros garantindo que a disputa do título fique apenas entre eles.


Esse formato além de gerar uma audiência maior também garante que os pilotos da Chase possam renegociar contratos de patrocínio.

All Star Challenge


O All Star Challenge é o equivalente ao jogos das estrelas da NBA. Essa prova realizada em Maio não conta pontos para nenhuma das divisões mas premia o vencedor com $1,000,000. 

São aptos a disputada dessa prova apenas os vencedores da mesma num período de até 10 anos, campeões da principal divisão da NASCAR, vencedor de provas dos dois últimos anos da Nextel Cup, um escolhido pelo público e o vencedor do All Star Open que é um prova preliminar em que todos os pilotos que não possuem vaga garantida podem correr.


Esse evento ocorre no Lowe's Motor Speedway na semana que antecede as Coca-Cola 600 pela Nextel Cup que é a prova mais longa da NASCAR.

Circuitos

A maioria absoluta das provas em todas as divisões são realizadas em circuitos ovais que são dos mais diversos formatos e tamanhos.


Eles variam de ovais curtos, como o de Martinsville com 0,526 milhas (0,841 km) e Bristol com 0,533 milhas (0,858 km), até os mais longos, como o Talladega com 2,660 milhas (4,250 km), o de Daytona com 2,5 milhas (4,0 km).


O formato dos ovais também variam, existem os ovais com 2 curvas simétricas como o de Dover e o de New Hampshire, com 2 curvas assimétricas como o de Darlington Raceway.


Também existem os ovais em formato de D como o de Richmond e o Auto Club.


Existem ainda os tri-ovais como o de Daytona e o de Pocono.


Também existem os quad-ovais com 4 curvas que podem ser simétricas como o de Indianapolis ou assimétricas como o do Texas.


As principais provas em circuitos mistos ocorrem em Sonoma (Califórnia) no Infineon Raceway e em Watkins Glen (New York) no circuito de Watkins Glen International.

Principais Categorias da NASCAR


A Sprint Cup é o atual nome da principal divisão da NASCAR que já foi chamada de Strictly Stock, Grand National, Winston Cup e Nextel Cup.

A entrada da Nextel na Nascar trouxeram novas regras sendo a principal a adoção de uma espécie de playoffs na parte final do campeonato.


Estes playoffs, chamados de Chase for the Cup acontecem nas 10 últimas etapas do campeonato equilibrando a disputa pelo título. Ate o ano de 2006 os classificados para a Chase eram todos os pilotos que estivessem até a décima posição da temporada regular acrescentando todos que estivere a pelo menos 400 pontos do líder.


Na disputa do Chase os pontos dos classificados eram remanejados deixando o líder do campeonato com 5050 pontos e diminuindo 5 pontos para cada um dos seguintes colocados. Os pilotos que não conseguiam a classificação manteriam os seus pontos e seguiriam normalmente no campeonato.


A partir de 2007, as regras da Chase foram reformuladas. Continuou acontecendo nas últimas 10 etapas do campeonato, porém os 12 primeiros classificados, independente do número de pontos, estariam classificados. Todos os pilotos teriam seus pontos remanejados para 5000, acrescentando 10 pontos para cada vitória que cada piloto teve nas corridas antecedentes a Chase.


Essa nova regra não influi diretamente na corrida continuando a ser disputada por todos os pilotos incritos.

Provas Tradicionais


  • Daytona 500 - Criada para rivalizar com as 500 milhas de Indianápolis, é a principal prova da Nextel Cup disputada no Daytona International Speedway como a primeira etapa da temporada distribuindo uma premiação de mais de 1 milhão de dólares para o vencedor.
  • All-Star Challenge - Disputada durante o meio da temporada não valendo pontos, contando com apenas vencedores de provas e votados pelo público mantendo a tradição dos outros esportes nacionais americanos (NBA, NFL).
  • Coca-Cola 600 - A prova mais longa do calendário da Nextel Cup com 600 milhas de extensão realizada no Lowe's Motor Speedway e sempre ocorrendo no dia da mémoria americana.



Encarada como a segunda divisão por ser muito utilizada por equipes para testar e amadurecer pilotos visando a Sprint Cup, que é a divisão principal.

A Busch Series teve seus primórdios na metade do século XX junto com a fundação da própria NASCAR porém só em 1982 ela adquiriu esse nome e esse formato de hoje.


O nome Busch foi incorporado devido ao patrocínio da empresa Anheuser-Busch (Dona da Budweiser). Após o ano de 1986 ela se manteve com o nome de Busch Grand National Series até 2003.


Os carros utilizados na categoria são similares aos da Nextel Cup porém menos potentes.


Há muitas equipes presentes na divisão principal que possuem carros na Busch, eles visam testar pilotos além de permitir que os pilotos mais experientes possam se familiarizar com o traçado das etapas.



A Camping World Truck Series é uma divisão da NASCAR que utiliza caminhões pick-ups. Foi oficialmente criada em 1995 mas no ano anterior já houve várias corridas de exibições realizadas durante os eventos das outras divisões.


Chamado originalmente de SuperTruck Series, trocando seu nome para Craftsman Truck Series em 1996, e modificando-o para o atual desde 2009, foi criada com um diferencial em relação à Sprint Cup e a Nationwide Series nos carro que são modelos de pick-ups e nas regras.


Muitas regras foram utilizadas até hoje visando um custo baixo para a categoria. Inicialmente os pit-stops não eram feitos durante a prova mas sim durante um período de 10 minutos que a prova ficava interrompida. Essa regra foi também implementada por haver vários circuitos que não possuiam uma grande área de pits.


Em 1996 os pit-stops eram limitados a 2 ou 3 dependendo da pista, no ano seguinte a troca de pneus foi banida, sendo permitido apenas o reabastecimento, porém nos anos seguintes foram sendo permitidos as trocas de 2 pneus e depois de 4 pneus.


Atualmente são apenas limitados o número de conjuntos de pneus utilizados por etapa.

A CWTS utiliza vários circuitos nos Estados Unidos que são utilizados por outras competições como a IRL e também pelas outras divisões. As provas possuem uma duração menor da Nextel e da Busch com cerca de 150 e 250 milhas de extensão.


Muitos pilotos e equipes das outras divisões correm ou já correram pela categoria de caminhões, inclusive sendo campeões.


Nenhum comentário:

Postar um comentário