quarta-feira, 2 de outubro de 2013

NINGUÉM AGUENTA MAIS CARROS, DIZ PREFEITO DE PORTO ALEGRE AO CRITICAR REDUÇÃO DO IPI

Imagem: Blog Porto Imagem
O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), criticou nesta quarta-feira (19) a política do governo federal de reduzir o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) de automóveis para estimular a compra de veículos. 

Segundo ele, o aumento de carros nas ruas prejudica a mobilidade do trânsito coletivo. "Ninguém mais aguenta o número de veículos privados. Nós, prefeitos, somos penalizados duplamente", afirmou durante audiência pública na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado. "Não questiono o valor da política que o governo federal adota, incentivando a indústria automobilística, mas acabou penalizando os municípios porque, com o fim do IPI, diminuiu o valor do fundo de repasse aos municípios e também aumentou o número de carros nas ruas, (...) o que trouxe redução na mobilidade do transporte público." 

Ele foi convidado para debater um projeto de lei que propõe a redução das tarifas de transporte público via desoneração tributária. Benefícios fiscais em nível federal seriam concedidos em troca do cumprimento de certas medidas por parte dos Estados, municípios e da empresa concessionária. 

Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário