quinta-feira, 20 de agosto de 2009

TRILHAS INTERPRETATIVAS FUNDÕES E XIQUE-XIQUE I

Carnaúba dos Dantas/RN



As trilhas interpretativas têm como principal característica o estabelecimento de um canal de comunicação e uma relação afetiva entre o intérprete (guia) e os visitantes. Esse tipo de trilha é bastante comum na região do Seridó, em especial no município de Carnaúba dos Dantas, distante 243 km da capital potiguar, onde possui vários sítios arqueológicos dentre os quais na localidade dos Fundões e no sítio Xique-Xique I.

A primeira trilha esta localizada numa região cercada por cânion denominada de Fundões, em que possui um percurso de 12 km ida e volta, por um caminho re4pleto de muito verde e cristais de quartzo espalhados pelo chão. Ainda pelo percurso há um trecho alagado em que se faz necessário a travessia do riacho (que não oferece perigo algum) para chegar à outra metade da trilha. Ao chegar à próxima fase o visitante encontrará certa dificuldade por causa de algumas rochas que serão necessárias traspassá-las para chegar ao final.

A trilha é finalizada em uma região cercada por rochas, onde o visitante vai encontrar uma das raríssimas quedas d’águas do interior do Rio Grande do Norte, que neste caso trata-se de uma cachoeira de queda dupla, e água cristalina com uma temperatura agradabilíssima ideal par um bom banho de purificação e de recarga das energias. Além das cachoeiras a região possui uma bela formação rochosa com a incidência de figuras rupestres, da sub-tradição seridó em baixo relevo talhadas na rocha.

A caminho da segunda trilha, no sítio Xique-Xique I, o visitante poderá fazer uma breve parada no Castelo de Bivar, um castelo de estilo medieval construído em pedra que foi cenário do filme “O homem que desafiou o diabo”. Ao chegar ao início da trilha do Xique-Xique I encontramos a vasta vegetação típica (caatinga) até “o pé da serra” que dá acesso as figuras rupestres. Neste setor o trilheiro deverá ficar atento devido à possibilidade de aparecimento de animais personhetos e pela irregularidade do terreno. Chegando ao exato local onde se encontra as figuras rupestres, o visitante vai encontrar as mais belas e bem definidas expressões dos nossos antepassados (sub-tradição Seridó) registradas nas rochas, onde nos surpreedemos pela riqueza dos detalhes. E ainda, a bela visão da paisagem de toda a região cercada pelos cinturões de serras, podendo ser visto de longe o Castelo de Bivar e o Monte do Galo. Este último, um dos mais importantes santuários religiosos do Nordeste, local de grandes romarias, que possibilita ao visitante uma bela visão do pôr do sol tendo a cidade de Carnaúba dos Dantas como plano de fundo.

GEOTRILHAS em Carnaúba dos Dantas



A viagem em busca das famosas trilhas interpretativas de Carnaúba dos Dantas ocorreu no dia 31 de maio de 2009 e contou com a participação de quatorze pessoas, dos quais tinham um único objetivo: Conhecer as famosas pinturas rupestres que deram ao município o status de região com maior importância da América do Sul, em se tratando de interesse histórico devido aos seus mais de 80 sítios arqueológicos. O ponto de partida foi na praça central da cidade onde encontramos o nosso guia local Damião Carlos, ou mais conhecido como Carlos Sertão, que graças ao seu excelente preparo técnico, nos proporcionou uma trilha fantástica desvendando todos os mistérios expressos nas rochas.

Depois do encontro com o guia, fizemos deslocamento para o início da Trilha dos Fundões, contemplando as belas paisagens que o inverno do Seridó trouxe para a região até chegarmos ao ponto final da trilha, onde todos nós ficamos surpreendidos de como pode haver no meio do sertão uma cachoeira de tamanha beleza como aquela. Foi à hora de nos deleitar com um maravilhoso banho para retomarmos o caminho de volta para a sede do município.

No percurso de volta, o grupo promoveu uma ação de coleta do lixo que estava pelo caminho, totalizando no final dois sacos de lixo cheios.
Chegando a Carnaúba dos Dantas, o grupo fez deslocamento até o Bar e Restaurante do Damião, situado aos pés do Monte do Galo, onde fomos calorosamente recepcionados por Seu Adriano (proprietário do estabelecimento) e família, para um delicioso almoço à moda do seridó, que até nos dias de hoje, muitos de nós ainda não esqueceram o sabor da deliciosa farofa da casa e das panquecas servidas.

Após o almoço fomos com destino ao sítio Xique-Xique I para o segundo tempo da viagem. Mas antes, uma breve parada no Castelo de Bivar, onde infelizmente no dia não tivemos acesso por não esta aberto a visitação. Contudo, ainda deu para tira algumas fotografias de longe.

Ao chegarmos ao sítio conhecemos o proprietário por nome de Seu Deca, e sua esposa. Duas ótimas pessoas que deram total atenção ao grupo, bem como ofereceram a oportunidade de tomarmos banho em sua residência. Seguimos em direção as figuras rupestres enfrentando a cheia do rio carnaúba e o mato alto devido às chuvas que caíram sobre o município no inverno. Mas tudo isso compensado pela bela paisagem, e com o sobrevôo de um casal de gaviões sobre nossas cabeças. Subimos a serra que ainda brotava água de suas rochas, até chegarmos ao local das pinturas, as quais superaram nossas expectativas devido a sua perfeição.

Retornam, os mais uma vez a sede do município, onde finalizamos a viagem após subir até o topo do Monte do Galo, apreciando seus ricos detalhes de cunho religioso, até o cruzeiro do monte, onde tivemos a privilegio de acompanhar o pôr do sol. Fechamos com a foto do grupo tendo o cruzeiro de fundo, seguimos viagem de volta para Natal com a certeza que o nosso Estado possui inúmeras riquezas naturais que poderiam ser melhores exploradas turisticamente, proporcionando aos moradores do sertão uma fonte alternativa de renda por meio do turismo ecológico e histórico-cultural.

Raio -X

Nível de Dificuldade – Média
Localização do Parque – Boa
Disponibilidade de Socorro Médico – Médio
Apoio Logístico - Ótimo

Recomendações para trilhar

- Usar roupas leves e confortáveis;
- Usar calçados tipo tênis ou botas;
- Levar cantil com água;
- Utilizar chapéu ou boné para se proteger do sol;
- Não mascar folhas, frutos, sementes, raízes ou cogumelos desconhecidos;
- Não tirar fotos com flash nas figuras rupetres;
- Evita incêndios, apagando cigarros e charutos antes de descartá-los;
- Não entrar na trilha com armas, explosivos, faca, facão, machado, tinta, spray ou similares;
- Jogar seu lixo nas lixeiras, seguir os painéis informativos e obedecer às instruções dos funcionários do Parque.

Onde comer
Bar e Restaurante do Damião
Fone: 084 8855-6511 (Adriano)

Contatos para realização de trilha
Damião Carlos
Fone: 084 8709-3304
Site: www.aventureirosdacaatinga.zip.net
e-mail: carlosrn31@yahoo.com.br

Ou

GEOTRILHAS
Geoturismo & Turismo Rural
e-mail: geotrilhasturismo@gmail.com

Vídeo da Trilha

Um comentário:

  1. Primeiro que parabenizá-los pela trilha, pelos vídeos, pela acolhida de todos, enfim, por tudo. Na realidade você não chegaram no açude de Chagas e sim nos fundões. O telefone de contato Damião Carlos, Carlinhos (84) 8709-3304 o telefone da claro não existe, Bar do Damião (84) 8855 6511, dizer que vocês já estão atualizados no nosso blog dos aventureiros e saudades de todos.

    ResponderExcluir