sábado, 31 de maio de 2014

FRANÇA VER EM CARONAS E CARROS ELÉTRICOS UMA FORMA DE TRANSPORTE VERDE


Percorrer Paris de carro é um pesadelo: engarrafamentos de até 280 km e falta de vagas de estacionamento são situações corriqueiras. Qual a solução? 

Primeiro vieram as motos, e agora os veículos elétricos. 

A partir de outubro, Paris terá como alvo da vez o compartilhamento de caronas. 

A capital francesa tem como objetivo reduzir o tráfego e proteger o meio ambiente. 

Autolib é o nome da empresa de bicicleta motorizada, Vélib , que desde 2007 tem ao seu serviço 1.500 estações parisienses. 

Paris espera o mesmo sucesso dos seus 3.000 carros elétricos. "Até agora não há nenhuma metrópole que oferece este serviço de veículos que compartilhar uma magnitude semelhante", diz ele com orgulho projeto web. A questão agora é saber se os cidadãos estão dispostos a utilizar estes carros elétricos. 

A prática de compartilhamento ocorre apenas com os veículo na França : estima-se que apenas cerca de 25 mil franceses fazem, enquanto que em países como a Alemanha, o número é seis vezes mais. 

Atualmente existem quatro empresas em Paris com um total de 500 carros . Especialistas estimam que a partilha de carro poderia substituir 15 vagas. E com que a cidade espera para descarregar as ruas em 25%. 

Nos horários de pico, o tráfego em Paris está paralisando em congestionamentos de até 280 quilômetros. 

Além disso, há estacionamento insuficiente que os motoristas disputam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário