quarta-feira, 9 de novembro de 2011

EXPEDIÇÃO GEOTRILHAS/RN NA TRÍPLICE FRONTEIRA – 3 º Dia (Usina de Itaipu e Furnas)

Grupo reunido em frente a barragem da Usina Hidrelétrica de Itaipu.
A programação de terça-feira (07/11) do grupo Geotrilhas/RN em Foz do Iguaçu foi concentrada na Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu, considerada a maior produtora deste tipo de energia no mundo. O grupo visitou as instalações externas e internas da empresa , inclusive com  a oportunidade de chegar ao lado de uma das dez turbinas em operação da usina, que fornecesse energia elétrica para o Brasil e Paraguai. A visita durou a manhã inteira onde fomos muito bem recepcionados pelo guia Paulo, que fez todas as honras da casa para o nosso grupo, dando toda a assistência necessária  para o nosso grupo, com bastantes informações pertinentes da história da usina, bem como da produção elétrica.
O período da tarde, o grupo seguiu para a Furnas Centrais Elétricas, para conhecermos a outra parte do sistema energético desta região. A responsabilidade de produção da energia elétrica em Foz do Iguaçu é de responsabilidade de Itaipu, já a distribuição é feita por Furnas. Sendo assim, o grupo foi recepcionado pelo Técnico de Eletrotécnica Carlos Garbet, que foi o responsável por passar todas as informações sobre a criação da empresa e sua capacidade de transmissão de energia para o Brasil. O Sr. Carlos também conduziu o grupo por todas as instalações da unidade de Foz, que com uma forma de comunicação bastante eficaz convertendo a linguagem técnica utilizando exemplos práticos do cotidiano, conseguiu despertar o interesse principalmente das mulheres do grupo, que puderam conhecer melhor as formas de com se utilizar corretamente a carga elétrica dos equipamentos elétricos de suas residência.
Ao final da tarde, ainda foi possível retornar a Itaipu para uma visita ao Refúgio Ecológico mantido pela usina. Uma área totalmente reflorestada pela empresa, onde possui centro de educação ambiental, horto e um centro de recuperação de animais silvestres, o grupo foi conduzido por uma trilha interpretativa pelo guia João, onde foi possível conhecermos a área recuperada, além de adquirir mais conhecimentos sobre os animais presentes na floresta graças ao contato direto com capivaras, antas, quatis, e até mesmo onças pintadas presentes nos recintos que compõe a trilha.
O terceiro dia em Foz do Iguaçu foi importante para conhecermos a importância econômica que Itaipu possui para o Brasil e Paraguai, mas também, o seu compromisso de preservação do meio-ambiente. Contribuindo assim, para o desenvolvimento sustentável da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário