quinta-feira, 17 de novembro de 2011

EXPEDIÇÃO GEOTRILHAS/RN NA TRÍPLICE FRONTEIRA - 8º Dia - (Parque Nacional do Iguazú - Puerto Iguazú/ARG e despedida de Foz do Iguaçú/PR)))


Grupo ao lado de um dos vários saltos do lado do parque Nacional do Iguazú
O oitavo e último dia da Expedição Geotrilhas/RN na Tríplice Fronteira, aconteceu no sábado dia 12/11 em território argentino. Na oportunidade o grupo se dirigiu até a província de Missiones para visitar o Parque Nacional do Iguazú, na cidade de Puerto Iguazú. Ao atravessarmos a ponte Tancredo Neves, parecíamos que estávamos num país europeu, graças ao tempo nublado e a forma de como as construções do lado argentino foram erguidas. São edificações que remetem a colonização alemã. Seguindo em frente, chegamos ao Parque Nacional do Iguazú, onde nos chamou a atenção o fato da organização e estrutura do local. Logo de cara, pudemos conferir a história do parque em um centro de recepção turísticas com todas as informações referentes não só ao parque, como das diversas fases de ocupação da província. Mas adiante, caminhamos por uma trilha que dava acesso a uma estação ferroviária de onde um trem movido a GNV, nos conduziu até a área de acesso ao salto “Garganta do Diabo”. Até chegar ao referido ponto, caminhamos por uma imensa ponte de metal erguida da estação até a queda d’água. 

Foram aproximadamente 15 minutos de caminhada contemplando a beleza ao redor até chegar ao salto. Neste momento, presenciamos sem dúvida alguma uma das mais belas imagens que a natureza pode proporcionar. Uma imensa concentração de água que caia cascata abaixo, que levantava um spray d’água semelhante a uma fumaça, de onde várias pássaros saiam do nada rumo aos seus ninho encravados na rocha. Após várias fotos seguimos de volta ao trem, que nos levaria até ao ponto dos circuitos altos e baixos do parque, de onde era possível conferir os outros diversos saltos do lado argentino do parque. Em meio a quatis, largatos tucanos e vários outros pássaros, passamos os saltos um a um até chegar de frente da ilha de San Martin (cenário do filme a Missão de 1986 estrelado por Jeremy Irons e Robert De Niro, que retratou a ocupação jesuíta na América do Sul), onde seria o ponto de embarque do famoso passeio de barco pelas cataratas. 

Diferentemente do passeio ofertado no lado brasileiro, o serviço do lado argentino contempla  além da cascata frontal do lado brasileiro, e exclusivo passeio ao até o salto ao lado da ilha de San Martim. Com o batismo das águas da cataratas, descemos o rio Iguaçu até embarcamos em um antigo caminhão do Exército argentino, que nos levou pela mata até chegarmos ao centro de turistas,onde conferimos o artesanato local dos índios de Missiones e partirmos de volta para Foz do Iguaçu. E para finalizar a Expedição Geotrilhas/RN na Tríplice Fronteira, a noite foi organizado um jantar de confraternização em um restaurante italiano em Foz do Iguaçu, com direito a rodízio de massas e da realização de um amigo secreto em que os geotrilheiros puderam expressar seus sentimentos quanto aos demais participantes. 

Com isso, a Expedição Geotrilhas/RN na Tríplice Fronteira foi finalizada com sucesso, deixando um índice de satisfação bastante elevado entre seus participantes, que engrandecem mais ainda o projeto Geotrilhas/RN e estimula para uma organização ainda melhor não só para a expedição 2012, mas sim para todo o calendário do ano que vem. A todos os participantes da expedição 2011, sejam eles nossos geotrilheiros, guias e prestadores de serviço, os nossos agradecimentos por não só ter nos proporcionados momentos maravilhosos, como também, em primeiro lugar, em confiar no nosso projeto para a realização deste sonho.  

Um comentário:

  1. Uruuuuuu... Simplesmente inesquecível tudo e todos! Só lembranças MUITO BOAS!!!!!!! Ass. Zeneide Leal

    ResponderExcluir