quinta-feira, 23 de maio de 2013

AVENTURAS FOTOGRÁFICAS SEM FIM NAS DUNAS DO ROSADO

Enviado por Alex Gurgel


Sob o sabor dos ventos agresteiros, a nave carregada de fotógrafos aphotistas rasgou a BR 406 nesse domingo ensolarado, numa Expedição Fotográfica em busca das Dunas do Rosado, polo turístico do Litoral da Costa Branca potiguar, onde montanhas de areias douradas encantam os olhos privilegiados dos turistas afoitos.

O desjejum foi dentro do ônibus mesmo. A primeira parada foi na velha vila de Açu – grafada assim com cedilha porque toda palavra derivada do tupi grafa-se sempre com “ç”. Em Açu, os aphotistas foram recepcionados pelo premiado fotógrafo Jean Lopes e pelo secretário de cultura do município, Gilvan Lopes, que abriu o Sobrado da Baronesa, casario do século dezoito onde morou a Baronesa de Serra Branca, para receber a comitiva.

Peixes foram servidos num farto almoço em Porto do Mangue, lugar aprazível de rara beleza onde pirâmides de sal são vista da cidade e o prefeito é Titico Gomes, que veio pessoalmente recepcionar os aphotistas. Num barco feito de garrafas pets, os fotógrafos embarcaram para uma aventura no Rio das Ostras onde o destino era uma praia deserta com uma duna alva e alta, um bom lugar pra tirar fotografias.

O final da tarde foi premiado com as Dunas do Rosado. Cada fotógrafo foi buscar sua vereda nas dunas em busca do melhor ângulo. Todos se espalharam pelas dunas até o sol se findar entre nuvens e morros de areia. A noite caiu rápido. No cominho de volta ficou a certeza de que as expedições fotográficas são necessárias para encantar a alma com fotografias de belezas únicas.

Veja depoimento do jornalista Elias Medeiros sobre a nossa Expedição Fotográfica:

Nenhum comentário:

Postar um comentário