quinta-feira, 23 de maio de 2013

NY APROVA PROJETO QUE OFERECE BENEFÍCIOS FISCAIS NAS CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS


O projeto de lei S.1710 do senador Mark Grisanti, aprovado na terceira semana de maio, pretende oferecer uma isenção fiscal de 35% para imóveis sustentáveis por um período de 20 anos, se autorizado pelo município local. De acordo com o parlamentar, a legislação vai ajudar a incentivar os construtores a investir em casas "verdes", que geralmente são mais caras para construir.

"Os proprietários querem uma casa que irá reduzir seus custos de energia, ser mais saudável para sua família e ser gentil com o meio ambiente. Com essa legislação, eu estou ansioso para ajudar os construtores a perceber que o investimento em construção 'verde' será benéfico", afirmou o senador ao site WNY Papers.

Segundo a lei, para ganhar o incentivo, a nova casa terá que atender as exigências da National Association of Home Builders (NAHB) ou aos critérios da Liderança em Energia e Projeto Ambiental (Leed). Entre eles estão: proteção da vegetação, a melhoria dos solos e a utilização de materiais de construção de conteúdo reciclado, entre muitos outros.

"É nossa responsabilidade, como construtores de casa, entregar um produto que as pessoas desejam e criar casas autossuficientes, energeticamente eficientes, que atendam ou excedam normas governamentais para a conservação", explicou Angelo Natale, presidente da CEO Natale Builders .
O senador afirmou ainda que a construção verde diminui despesas com serviços públicos e maximizam os recursos, minimizando o impacto ambiental.

O NAHB estima que os compradores de casas dos EUA estão dispostos a pagar entre 11 e 25% a mais por domicílios sustentáveis. A expectativa é que a demanda por essas estruturas suba 900% nos próximos cinco anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário