domingo, 5 de junho de 2011

CAUSOS DE ARUPEMBA , O MATUTO BERADEIRO - VOU PEDIR MEU TOMBAMENTO

Professor e Cordelista Geraldo Bernardo

VOU PEDIR MEU TOMBAMENTO

Vou pedir meu tombamento,
Declarar-me um bicho em extinção.
Ser vitrine de antiquário,
Agir tal fosse decoração.
Pois, neste mundo tão ateu,
Sou como peça de museu,
Troco a razão pela paixão.

Ainda creio que: gratidão,
Perdão, solidariedade,
Decência, moral, ética,
Respeito e honestidade,
São valores, tal uma prece,
Qual pedra no alicerce
Comum da humanidade.

Mas, vejo a publicidade
Lucrar espiando vida alheia,
Na mídia e na televisão.
Politiquice e coisa feia,
Cretinice e pabulagem.
Dolo e falta de coragem
Formando enorme teia.

Ter ética é como ter peia
Amarrando o tornozelo.
Hoje, pra vencer na vida,
Mais vale o desmantelo
Gente trocando bofete,
No rádio, televisão e net.
Isso me arrepia o cabelo.

Poder assim, melhor não tê-lo.
Podem achar-me jumento
Por não aceitar tal ofício.
Mas, vejo com sentimento
A vergonha perder lugar.
E, como sei que vai piorar
Vou pedir meu tombamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário