quinta-feira, 30 de junho de 2011

DROPS III DESAFIO GEOTRILHAS/RN DE KART - Dica de Pilotagem com Victor Uchôa (Categorias do Kart)

Para que haja equilíbrio entre os competidores as provas são divididas em categorias que observem os critérios de idade e experiência em corridas. No Brasil as categorias oficiais são:

  • Mirim (PMK) – Para pilotos com idade entre 6 e 8 anos
  • Cadete (PCK) – Para pilotos com idade entre 8 e 11 anos
  • Junior Menor (PJMK) – Para pilotos com idade entre 10 e 13 anos
  • Junior (PJK) – Para pilotos com idade entre 12 e 14 anos
  • Novato (PK) – Para pilotos iniciantes no kart e com mais de 14 anos de idade
  • Graduado B (PGKB) – Para pilotos com mais de 14 anos promovidos das categorias PJ, PK, ou com diploma obtido em escola de kart reconhecida pela CBA
  • Graduado A (PGKA) – Para pilotos promovidos da PGKB
  • Senior B (PSKB) – Para pilotos com idade mínima de 25 anos
  • Senior A (PSKA) – Para pilotos PGKB, ou PGKA que atingiram a idade mínima de 25 anos, ou promovidos da PSKB
  • Super Senior (PSSK) – Para pilotos com mais de 40 anos de idade

Parakart

 

O karting também é utilizado como meio de inclusão por portadores de necessidades especiais, que disputam corridas em igualdade de condições com os pilotos fisicamente normais. No Brasil os mais destacados pilotos portadores de necessidades especiais são o kartista paulista Julio Reis (surdo) e o kartista paranaense Sergio Vida (paraplégico), com muitas vitórias e títulos.

Kartista Júlio Reis. Créditos: Jornalismo socioinclusivo
O Parakart é a única prova de karting de nível amador reservado as pessoas deficientes. A primeira e única edição foi realizada em Outubro 2002, no circuito de Almancil (Algarve). Devido a participação de 24 pilotos oriundos de 9 países diferentes, atingiu dimensões internacionais. Foi alvo de varias reportagens televisivas, artigos em jornais e tema de um livro.

Devido às dificuldades de realização e falta de apoios, não houve, de momento, mais nenhuma realização.

No Brasil porém, a categoria encontra-se em crescimento com incentivos de empresas e empresários. O primeiro campeonato oficial, chamado Copa São Paulo de Parakart, foi disputado em 2008 no Kartódromo Internacional Granja Viana, com 5 etapas e cerca de 10 pilotos inscritos. A segunda edição contou com 10 etapas e cerca de 15 pilotos. Em 2010 foi disputada a terceira edição, com 10 etapas e 21 pilotos inscritos. Em 2011, amparado pela Lei de Incentivo ao Esporte, o Parakart contará com o importante apoio da Sabesp, e seu principal campeonato passará a se chamar Copa Sabesp de Parakart, com 10 etapas e 25 pilotos inscritos.

Piloto Sérgio Vida. Créditos: Deficiente Alerta
Em julho de 2009 foi realizada, sob a chancela da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), a primeira edição do Campeonato Brasileiro de Parakart, no Kartódromo Internacional Raceland, em Pinhais - PR, na qual sagrou-se campeão o piloto Dédo Jr. Já em julho de 2010, no segundo Campeonato Brasileiro da categoria, disputado no Kartódromo Internacional Granja Viana, em Cotia - SP, sagrou-se campeão o piloto Thiago Cenjor, seguido por Rafael Rodrigues (também vice em 2009) e Rony Ederson. Está prevista a realização do terceiro Campeonato Brasileiro de Parakart em julho de 2011, no Kartódromo Ayrton Senna da Silva (Interlagos), em São Paulo - SP.

No intuito de divulgar e popularizar ainda mais a categoria, além da Copa São Paulo (Copa Sabesp) e do Campeonato Brasileiro, o Parakart tem marcado presença em outros eventos importantes, como a Virada Esportiva da Cidade de São Paulo e as 500 Milhas de Kart da Granja Viana, tradicional prova que reúne os principais nomes do automobilismo brasileiro.
Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário